Vacinação do bebê prematuro: quais as diferenças?


Bebês prematuros correm mais riscos de contrair doenças, principalmente as respiratórias. A Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIM) recomenda que a vacinação deve ser iniciada logo que a idade cronológica seja atingida e as condições clínicas dos bebês estejam favoráveis. O organismo dos prematuros, apesar de ainda não ter o sistema imunológico desenvolvido, responde bem às vacinas, essenciais para a proteção contra diversas doenças presentes no ambiente.

A imunização do bebê prematuro tem um calendário próprio, que é diferente do calendário para o bebê nascido com o tempo gestacional correto. Ela deve ser iniciada ainda na unidade neonatal, respeitando a sua idade cronológica.

Calendário de vacinação do bebê prematuro

As principais vacinas que o bebê prematuro deve tomar são:

BCG-ID - aplicada em recém-nascidos com peso maior ou igual a 2 Kg.

Hepatite B - aplicada ao nascer no esquema habitual de três doses (0, 1 e 6 meses). Naqueles nascidos com menos de 33 semanas e/ou com menos de 2.000 g, aplicar esquema de quatro doses: 0, 1, 2 e 6 meses de vida.

Profilaxia para o vírus sincicial respiratório (VSR) - durante período de maior circulação do VSR, que no Brasil ocorre entre os meses de janeiro a agosto a depender da região.

Pneumocócica - iniciar o mais precocemente possível (aos 2 meses), respeitando a idade cronológica: três doses aos 2, 4 e 6 meses e um reforço aos 15 meses.

Poliomielite (inativada) - em recém-nascidos internados na unidade neonatal, deve ser utilizada somente vacina inativada (injetável). Aplicada aos 2, 4 e 6 meses, com reforço aos 15 meses e aos 4 anos de idade.

Haemophilus tipo B: no caso de prematuros extremos, na rede pública é aplicada depois de 15 dias que o prematuro receber a Tríplice Bacteriana. O reforço deve ser dado aos 15 meses. O uso das vacinas combinadas (DTPa-HB-VIP-Hib ou DTPa-VIP-Hib) na rede privada são preferenciais, pois permitem a aplicação simultânea e são eficazes e seguras para os prematuros.

Bebê prematuro: idade cronológica X idade corrigida

Muitos pais têm dúvidas sobre os conceitos de idade cronológica e idade corrigida do bebê prematuro, o que é importante na hora da vacinação. A explicação é simples:

  • Idade cronológica - é a idade real do bebê, o tempo de vida dele depois do nascimento. Por exemplo: um bebê que nasceu no dia 10 de janeiro terá três meses no dia 10 de abril;
  • Idade corrigida - é a idade que o bebê teria se tivesse nascido com 40 semanas. Em um bebê que nasceu há dois meses com 29 semanas de gestação, por exemplo, sua idade corrigida atual é 37 semanas (29 semanas de gestação + 8 semanas desde o nascimento = idade corrigida de 37 semanas).
  • Idade corrigida = idade cronológica – (40 – idade gestacional)

Conteúdo relacionado no site Prematuro

Conteúdo relacionado no site da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm)

Calendário de vacinação SBIm prematuro
http://sbim.org.br/images/calendarios/calend-sbim-prematuro-2016-17.pdf

Referências