O bebê prematuro na UTI Neonatal (UTIN)


Após o nascimento, o bebê prematuro (principalmente o que nasceram antes de 35 semanas de gestação) precisa de cuidados especiais. Por isso, ele pode permanecer no berçário ou ser internado na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal (UTIN), que conta com os principais recursos (especialistas e equipamentos) necessários para que as funções vitais do bebê se desenvolvam corretamente.

Equipamentos que o bebê prematuro pode utilizar na UTI Neonatal

Incubadora – conserva o ambiente quente e regular, para ajudar o bebê prematuro a manter a temperatura corporal e para protege-lo de infecções e barulhos.

Monitores de frequência cardíaca e respiratória – por meio de fios e adesivos colocados no peito e na barriga, consegue informar o ritmo de batimento cardíaco do prematuro.

Oxímetro – uma pequena tira com luz vermelha coloca no braço ou pé do bebê prematuro, que regula a quantidade de oxigênio necessária para o bom funcionamento do organismo.

Cateteres centrais e periféricos – pequenos tubos inseridos nas veias do prematuro que ajudam administrar o soro e a medicação que ele precisa nos primeiros dias.

Ventilador – permite fazer vários tipos de ventilação, por meio de tubos colocados na boca ou nariz do bebê prematuro, e ajuda quando ele se esquece de respirar.

CPAP – é utilizado quando o prematuro precisa de uma pequena ajuda para respirar, utiliza tubos que são colocados no nariz e fixos a uma toca.

Sonda gástrica – pequeno tubo que pode ser introduzido na boca ou no nariz e que vai até o estômago. Ajuda a verificar o conteúdo do estômago e a alimentar o bebê prematuro.

Especialistas que acompanham o bebê prematuro na UTIN

  • Neonatologista – médico especialista em nos cuidados de recém-nascidos;
  • Pediatra – médico especializado no desenvolvimento de crianças;
  • Terapeuta respiratório – administra tratamentos para a respiração do prematuro;
  • Nutricionista – determina quais são as necessidades nutricionais do bebê;
  • Fisioterapeuta / terapeuta ocupacional – trabalha a movimentação do pequeno;
  • Fonoaudiólogo – ajuda bebês com problemas de alimentação e deglutição. 

Contato físico com o bebê prematuro durante a internação na UTIN

Tudo isto poderá parecer assustador em um primeiro momento, mas com a devida compreensão e orientação por parte dos profissionais da unidade, os pais se sentem tranquilizados. Além disso, esses profissionais também podem ajudar os pais a estabelecerem contato físico com o bebê prematuro, que podem visitar e passar um tempo com o bebê durante o período de internação.

Como o bebê prematuro deve estar para receber alta da UTIN?

Antes do prematuro receber alta da UTI Neonatal, é importante confirmar que o pequeno tem condições de manter as funções vitais funcionando corretamente. Antes da alta da UTI é importante que se faça um treinamento básico sobre o modo correto de cuidar do bebê prematuro. Informe-se e oriente-se com a equipe que estará à disposição para prestar auxílio.

Referências