Bebê prematuro com bronquiolite


A bronquiolite é uma doença respiratória comum em crianças, em especial no bebê prematuro, é causada, principalmente, pelo vírus sincicial respiratório (VSR) e provoca infecção no nariz, garganta, traqueia, bronquíolos e pulmões.

Quais são os sinais da infecção por bronquiolite no bebê prematuro?

  • Febre (não necessariamente alta);
  • Tosse frequente e intensa;
  • Nariz escorrendo (coriza);
  • Dificuldade e esforço excessivo para respirar;
  • Chiado ao respirar;
  • Cansaço entre as mamadas;
  • Pouco apetite;
  • Taquicardia (batimentos acelerados do coração);
  • Vômitos, especialmente nos bebês muito pequenos;
  • Dor de ouvido;
  • Olhos avermelhados;

Estes sintomas podem aparecer ao longo dos dias e uns podem ser mais intensos do que outros. Sempre é bom lembrar que o organismo de cada bebê prematuro pode reagir de diferentes maneiras a uma mesma doença. Em caso de dúvidas ou para mais informações, sempre consulte seu médico.

Como a bronquiolite é tratada no bebê prematuro?

Não existem medicamentos para tratar a bronquiolite. O que pode ser feito é aliviar os sintomas na fase inicial da doença, usando umidificadores de ar. Mas se o prematuro estiver com dificuldade para respirar leve ou moderada, pode ser necessário o uso de medicação broncodilatadora (que abre os brônquios), por meio de inalação.

Para evitar que o bebê fique desidratado, uma dica é certificar-se que ele tome bastante líquido durante essa fase. A melhor opção é o leite, mas água e sucos naturais também são líquidos que podem ser oferecidos. E se o seu bebê prematuro estiver se alimentando menos por causa do desconforto, ofereça alimentos menores, com mais frequência.

Como a bronquiolite é transmitida para bebês prematuros?

A transmissão da bronquite se dá por meio de gotículas que saem por meio de tosse ou espirro de alguém infectado, por meio do contato com objetos contaminados com o VSR (brinquedo, mamadeira, panos), ou se o bebê prematuro for exposto a locais aglomerados e com pouca ventilação.

Os bebês prematuros têm mais risco de adquirir bronquiolite, bem como crianças com menos de três meses de idade, crianças que não foram amamentadas pela mãe e as que estão expostas à fumaça do cigarro.

Como prevenir o bebê prematuro da bronquiolite?

  • Lavar sempre as mãos quando antes de cuidar ou alimentar o bebê prematuro;
  • Ficar atendo ao calendário de vacina e manter a vacinação do prematuro em dia;
  • Evitar o contato com pessoas gripadas, que podem transmitir gripe para o bebê prematuro;
  • Não levar o prematuro para ambientes fechados ou aglomerados.

Referências

http://www.aboutkidshealth.ca/En/HealthAZ/Multilingual/PT/Pages/Bronchiolitis.aspx - acessado em 23/01/2017
http://www.hospitalinfantilsabara.org.br/saude-da-crianca/informacoes-sobre-doencas/abc-saude-infantil/B/bronquiolite/ - acessado em 23/01/2017
http://www.conversandocomopediatra.com.br/website/paginas/materias_-gerais/materias_gerais.php?id=206&content=detalhe - acessado em 23/01/2017