Problemas neurológicos no bebê prematuro



O bebê prematuro é mais propenso a desenvolver problemas neurológicos durante a infância do que o bebê nascido a termo. Entre os motivos está o menor desenvolvimento do cérebro do prematuro, que dificulta o bombeamento de sangue até o órgão e o torna mais vulnerável a lesões. Ainda mais sob condições estressantes, como oxigênio reduzido durante o parto.

Em longo prazo, os problemas neurológicos mais comuns em bebês prematuros incluem:

Paralisia cerebral - a paralisia cerebral é uma desordem causada por uma lesão no cérebro. Ela afeta o movimento (por exemplo, a criança caminha de forma instável ou tem movimentos involuntários), o tônus muscular (causando rigidez nos membros) ou a postura. Os sinais e sintomas aparecem durante a infância ou anos pré-escolares.

Comprometimento cognitivo - bebês prematuros são mais propensos a ter um desenvolvimento mais lento e maior dificuldade de aprendizagem que os bebês nascidos a termo.

As dificuldades de longo prazo podem ser minimizadas se os familiares e profissionais entenderem melhor todos os aspectos que influenciam o desenvolvimento da criança. Peça mais informações ao médico do seu filho.

Referências